segunda-feira, 14 de maio de 2007

A Arte Colorida do Lixo







Olha só isso galera. Alguém adivinha? Sim, mais um dos nossos. Ed Primo, que hoje vive em SP também saiu daqui, artista das cores e formas, trabalha com material retirado dentre outros lugares, do lixo, não só criando obras-de-arte fabulosas como essas de cima, como reciclando a sujeira alheia. Além das tintas, Ed faz colagens e pinta camisetas ecológicas. Aguardem, logo mais posto novas obras desse rapaz. Pra quem não acredita em mim, confira então as críticas:



"Poética das cores, na dança dos movimentos que em pinceladas tão vigorosas como a força expressiva, fazem pulsar mais forte as ondas de emoção de quem admira e frui a obra deste artista impar, seja pelo virtuosismo de suas preciosas pinceladas que dançam no espaço, seja pelo mergulho em nós mesmos que Ed Primo nos arremessa, rumo, ao infinito onde tudo é Arte Pura..."


Regina Catellani - Escola Recriart - São Paulo, 28 de Agosto de 1997

-


"Cores, vibrações, sentido. Ver o que não está e o que pode estar. Tudo pode ser na pintura de Ed Primo. Expressão de um pequeno espaço, na imensidão do olhar. Assim se insere dentro das miniaturas onde mundos expressos sobre cores e movimentos estão dentro dos seus minúsculos receptáculos de vida."



Yutaka Toyota - Escultor e Artista plástico - São Paulo, 25 de Agosto de 1997

3 comentários:

felipe disse...

Quem diria neh, Itararé é uma 'caixinha de surpresas', mais um que não conhecia. Por isso não vai pra frente. Existe um termo muito interessante na geografia, a 'fuga de cérebros', as melhores cabeças migram pra onde existem melhores oportunidades.

E agora José? disse...

Pois é, essa "fuga" que mencionou parece assolar Itararé realmente. Contudo, cutucando bem, pondo o dedo na ferida, se acha ainda muita gente boa que aqui permanece. Pensando nisso, acho que vou postar algo sobre o tema para o pessoal não achar que eu só puxo o saco de gente que foi embora.

edprimobrazil disse...

Olá José Rodolfo.
Parabéns pelo blog.
Realmente voce é um dos homens da escrita...estou aprendendo um pouco a cada dia contigo.
Obrigado pela força e pela divulgação da minha arte.
Sucesso sempre!
Abraços de Sampa.