sexta-feira, 23 de novembro de 2007

NESSA LONGA ESTRADA DA VIDA - Contos da Cavalgada


Gustavo, professor, amante de motos e rock'n'roll. Essa é a imagem que a maioria das pessoas têm do Gustavo, inclusive eu, antes de descobrir os Contos da Cavalgada, livro que pode ser encontrado na Banca da Praça São Pedro e junto ao VICC. Nele, se descobre uma surpresa, um Gustavo escritor e ilustrador, pesquisador do folclore e da cultura caipira, não condizente com a visão restrita que as pessoas têm dele. Em um conversa com muito café em uma padaria e posteriormente no seu belo escritório em sua residência, conversei longamente com o Gustavo, falamos sobre muitas coisas, literatura, música, Itararé... Gustavo é um homem culto, de bom gosto, de conhecimentos que ultrapassam a mesmice, um professor que tem muito a oferecer, que não se limita às áreas que leciona na escola e nem à própria escola. As pessoas que estão dentro do seu círculo social só têm a se beneficiar pela sorte de sua agradável e interessante companhia. E se os contos dos romeiros que enquanto cavalgam para Aparecida do Norte, se entretem repartindo histórias entre si já é um susto para as pessoas, imaginem então se eu lhes dizer que Gustavo, quase que integralmente, se dedica a reflexão filosófica sobre temas universais da natureza humana: Amor, Estética, Ética. Resumidamente, Gustavo é um pensador que faz belos trabalhos quando resolve se dedicar a algo. O seu livro é um produto de seu trabalho e empenho incansáveis, um sobrevivente da cultura de Itararé.

E lembram-se sobre o Gustavo amante do rock'n'roll? Quem disse que isso não é verdade!? Além de conhecer as aventuras literárias de Gustavo, também pude ouvir o som da sua banda em sua mais nova formação, a famosa e lendária LSD. Com doze anos de estrada, o LSD ressurge novamente para criar novas músicas e matar a saudade dos velhos hinos. As letras escritas por Gustavo falam de várias coisas, liberdade, redenção, separação, com poesia e talento. Agora, o grupo está se preparando para encarar o novo campo da internet e estão passando todo o seu acervo de sua longa carreira, gravada em fitas cassete, para o mp3, melhorando a qualidade dos registros.
.
Gustavo ainda mantém fôlego para criar projetos audaciosos, de canções mais maduras de um rock'n'roll menos agressivo e mais contemplativo, músicas que nos pegam pela mão e nos levam para viajar por paisagens únicas, em dosagens eqüilibradas entre sentimento e descobrimento. Espero que haja muitas novas oportunidades para que eu volte a falar do Gustavo por aqui, pois é claro que sua mente febril guarda muitas surpresas boas e inéditas que estão apenas aguardando o momento certo de revelar para todos o complexo sujeito que é o Gustavo.

2 comentários:

murilo disse...

Long Live Rock and Roll!

Que tudo dê certo nesta nova empreitada de Gustavo, Wagner, Alexandre, Mauro e Willian. Espero novidades.

erika Karina disse...

parece foto de capa de cd,que poder dos caras...só itararé mesmo.